Damares Alves orienta igrejas no combate ao coronavírus A ministra Damares Alves se reuniu nesta segunda-feira (16) com representantes da CNBB e de igrejas evangélicas, para tratar do avanço do novo coronavírus no Brasil.

A ministra pediu aos líderes religiosos que cancelem os grandes eventos.

Damares pediu também que diminuam o número de missas e cultos — quando ocorrerem, que sejam, de preferência, em locais abertos, que seja respeitada uma certa distância entre os fiéis e que sejam incentivadas a higiene pessoal e dos templos.

A ministra também chamou a atenção para o cuidado especial com os idosos, as comunidades indígenas e terapêuticas.

Além disso, Damares pediu o apoio das igrejas católicas e evangélicas para a campanha de vacinação da gripe comum, antecipada para 23 de março. O Ministério da Saúde quer, com isso, evitar que a população confunda as doenças, além de diminuir a procura por unidades de saúde.

Participaram do encontro dom Joel Amado, secretário-geral da CNBB; Ronaldo Fonseca, da Assembleia de Deus; Roberto de Lucena, da Igreja Brasil para Cristo; Jefferson Campos, da Igreja Quadrangular; Evandro Garla, da Igreja Universal; Eduardo Santos, da Igreja Internacional da Graça; Renato Alves, da Igreja Renascer; Bispo Alves, da Sara Nossa Terra; Bispo Renato, da Renascer para Cristo.

O boletim mais recente do Ministério da Saúde indica que o Brasil tem 234 casos de coronavírus confirmados. Estão em investigação 2.064 casos suspeitos. Outros 1.624 casos já foram descartados no país.