Ouça aqui a Rádio Melodia!

Trump declara este domingo como Dia Nacional de Oração
No final da sexta-feira (13), depois de declarar uma emergência nacional devido à pandemia da COVID-19, o presidente Donald Trump declarou que este domingo (15) será um Dia Nacional de Oração nos Estados Unidos.

“É minha grande honra declarar o domingo, 15 de março, como um dia nacional de oração", twittou o presidente. "Somos um país que, ao longo de nossa história, buscou proteção e força em Deus em tempos como esses...

O Presidente também twittou: ".... Não importa onde você esteja, encorajo você a se voltar para a oração em um ato de fé. Juntos, nós facilmente PREVALECEREMOS!"

No início da sexta-feira, funcionários da Convenção Batista do Sul também pediram a realização de um dia de oração neste domingo, pedindo a todos que orassem pelo fim da pandemia global do coronavírus.

Em uma declaração, o Conselho da Grande Comissão da Convenção está pedindo a todos os batistas do sul e suas 47.500 igrejas que reservem um tempo no domingo para orar sobre a pandemia, o Presidente Trump e outros líderes, e por sabedoria diante do medo.

O conselho pediu que todos orassem sobre estes pontos:

1.Peça a Deus, por Sua misericórdia, que pare com esta pandemia e salve vidas - não apenas em nossas comunidades, mas em todo o mundo, particularmente em lugares que não possuem equipamento médico para lidar com o vírus. (Isaías 59: 1-2)

2. Ore para que o presidente Donald Trump e outros líderes governamentais - internacionais, federais, estaduais e locais - tenham a sabedoria de nos orientar nos melhores cursos de ação para prevenção e cuidados. (Romanos 13: 1–4)

3. As escrituras dizem: ensina-nos a contar nossos dias cuidadosamente, para que possamos desenvolver sabedoria em nossos corações. Ore para que o Senhor nos dê sabedoria neste momento de medo, à medida que os fundamentos do que sabemos sejam abalados, para que outros percebam o quão frágil é a vida e a real eternidade, e vejam a necessidade de se voltar para Deus. (Salmo 90:12)

A declaração foi assinada pelos 14 membros do conselho.