Governo do Rio registra primeiro caso de coronavírus no Estado

O secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, dará entrevista às 16h30 com mais detalhes sobre o primeiro caso de coronavírus no Rio de Janeiro. O caso foi confirmado nesta tarde. Trata-se de um paciente de Barra Mansa, na região Sul. É o oitavo registrado no Brasil. Pela manhã, o Ministério da Saúde havia confirmado o quinto caso em São Paulo e agora à tarde, além do caso diagnosticado no Rio, confirmou mais um também em São Paulo e outro no Espírito Santo. O número de casos suspeitos de coronavírus na quarta-feira (4) era de 55 no Rio.



Desde o início da análise até quarta, 52 suspeitas foram descartadas.



A Secretaria de Estado de Saúde alerta que a atual infodemia, isto é, a disseminação de fake news acerca da nova doença respiratória dificulta a comunicação de orientações de prevenção e tratamento dos pacientes.



“Nesse momento, é muito importante ter clareza sobre como ocorre o contágio do coronavírus, os cuidados para se prevenir e quando procurar o serviço de saúde. Então, se as informações forem confusas ou falsas, a atuação de contingenciamento dos órgãos responsáveis fica comprometida, e há riscos para a população. Todos temos responsabilidade ao compartilhar qualquer conteúdo. Os perigos das fake news são reais”, alerta o secretário de Saúde, Edmar Santos.



A secretaria recomenda que, ao receber mensagens, fotos e vídeos em redes sociais ou aplicativos de conversas, é preciso avaliar a fonte da informação e confirmar a veracidade dos dados antes de encaminhá-los. Os órgãos e instituições oficiais são as fontes mais indicadas para esclarecer dúvidas sobre coronavírus, como as secretarias estaduais de Saúde.