Ouça aqui a Rádio Melodia!

Coronavírus: OMS diz que não há necessidade de pânico

Pela primeira vez, o número de novos casos diários de coronavírus relatados de infecção pelo Covid-19 fora da China por 37 diferentes nações, excedeu o de notificações do país que é o epicentro da doença. Foram 427 contra 411 chineses que adquiriram a infecção, disse a Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta quarta-feira (26).



“O número de infecções chegou a 80.988 e não há tratamento efetivo para a doença até agora, mas não há necessidade de pânico por causa da epidemia de coronavírus, disse Hans Kluge, diretor da Organização Mundial de Saúde (OMS).



Em uma coletiva de imprensa em Roma, Kluge disse que “não há necessidade de pânico”.



A taxa de mortalidade pelo coronavírus é de cerca de 2%.



“Lembrem-se que quatro de cada cinco pacientes têm sintomas leves e se recuperam”, ele afirmou.



Prevenção



• Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;

• Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

• Não compartilhar objetos de uso pessoal;

• Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;

• Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;

• Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;

• Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.



O Ministério da Saúde alerta que, ao sentir febre, dor de garganta, tosse ou dificuldade para respirar, o paciente deve procurar imediatamente uma unidade de saúde.