Publicidade

Fachada de igreja e imagem de santa são vandalizadas durante carnaval
A chamada festa profana, que muitos dizem protestar contra a intolerância e defender as causas sociais, foi cenário de um ataque à fé Católica. Durante o Carnaval, vários padres e pastores relatam ataques a igrejas. Muitas precisam ficar fechadas neste período pela segurança de seus fiéis.

Em Florianópolis/SC, a imagem de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e a fachada do santuário de mesmo nome, na Lagoa da Conceição, foram alvos de vandalismo no fim de semana. Ambas foram pichadas com símbolos satanistas e de magia negra, segundo o pároco reitor, Celso Antunes Duarte.

"Quando fomos celebrar a missa do domingo (23) de manhã, vimos que picharam na frente do santuário um símbolo do satanismo e com o pentagrama invertido, escrito satã", relatou o padre ao G1. "A imagem da santa que fica na gruta em frente ao santuário também foi pichada com um símbolo do satanismo no corpo e o rosto dela com uma cruz em preto", disse.

Para Duarte, trata-se de um ato de vandalismo de uma seita satânica, por causa dos símbolos. "Nunca vi isso na minha vida de padre", falou. O pároco informou ainda que há câmeras ao redor da igreja, mas que não foram captadas imagens do crime.

Um boletim de ocorrência foi registrado nesta segunda-feira (24).