Ouça aqui a Rádio Melodia!

Rio de Janeiro volta ao estágio de Mobilização após fortes chuvas O município do Rio de Janeiro retornou ao estágio de mobilização às 8h30 deste sábado (22), já que, segundo o Sistema Alerta Rio, as condições meteorológicas são de chuva fraca a moderada, especialmente no período da tarde. A intensidade dos ventos estará variando entre moderada a forte entre os períodos da tarde e noite. Além disso, segundo a Defesa Civil, já foram desligadas as sirenes da comunidade da Rocinha. A medida foi tomada após redução dos acumulados de chuva nas últimas horas.

De acordo com o Centro de Operações, o retorno ao estágio de Mobilização também acontece com o término do desfile das escolas de samba no Sambódromo.

À frente fria que chegou ao Rio de Janeiro fez com que o município entrasse em estágio de atenção às 20h57 desta sexta-feira (21). De acordo com o Centro de Operações, foram acionadas sete sirenes da comunidade da Rocinha para o acumulado de chuva em uma hora, que é igual ou acima de 40mm.

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 21h07 para a localidade Vila Verde, na parte alta da Rocinha, onde teria ocorrido um deslizamento seguido de desabamento. Não há informações de vítimas. Em Copacabana, houve registro de rajada de vento moderado, 44,3km/h, às 21h.

A Urca teve o maior acumulado por volta das 21h30. Rua Marquês de São Vicente, na Gávea, com alagamentos em frente a Praça Santos Dumont. Também na Gávea, a Rua Mario Ribeiro, foi parcialmente interditada, assim como a Avenida Pasteur, em Botafogo. Próximo ao Sambódromo, a Rua Benedito Hipólito foi parcialmente interditada por acúmulo de água.