Ouça aqui a Rádio Melodia!

Carteirinha de estudante do MEC tem validade até dezembro A medida provisória que criou a carteirinha estudantil do Ministério da Educação (MEC), chamada de ID Estudantil, não pode mais ser emitida desde este domingo (16) porque o tema não entrou em votação no Congresso. Entretanto, quem tirou a carteirinha pode usá-la até dezembro. O documento dá acesso à meia-entrada em eventos culturais e esportivos.

Para quem não conseguiu a carteira do MEC, que era gratuita, a alternativa será recorrer às entidades estudantis ou instituições de ensino que já emitem o documento, mas cobram por ele. O preço é de R$ 35,00.

A medida provisória, criada em setembro do ano passado pelo presidente Jair Bolsonaro, caducou sem ser avaliada pelo congresso, causando a interrupção das emissões do documento a partir desta segunda-feira (17).

A MP originalmente prevê que a carteirinha valerá enquanto o aluno mantiver o vínculo com a instituição de ensino. Porém, o ministro Abraham Weintraub, afirmou em entrevista publicada em suas redes sociais que terá validade até o fim do ano.