Publicidade

Satanistas programam marcha em defesa do Estado Laico Igrejas de todo o Brasil já podem se organizar para orar por mais este desafio. Em defesa do Estado laico, duas páginas no Facebook, Moonlight e O Satanista, estão organizando a Marcha para Satanás. O evento está marcado para o dia 29 de março, em Belo Horizonte/MG. Mais de 500 pessoas confirmaram presença e quase 900 demonstraram interesse no evento. Seus organizadores garantem que, apesar do nome, não se trata de uma homenagem a nenhuma fé específica, mas sim um pedido por mais empatia.

Segundo um dos simpatizantes da marcha, que preferiu não se identificar, a proposta é levar as pessoas a refletirem sobre como seria ver uma outra religião, muitas vezes considerada ”assustadora”, tendo espaço na sociedade: ” Muita gente é perseguida por não se adequar aos padrões colocados pelas religiões. Homossexuais, travestis, pessoas de religiões de origem africana, são colocadas à margem da sociedade por causa desse conservadorismo medieval”.

Para ele, Satanás também precisa de espaço nas escolas.

“Se as portas da política pública estão abertas pra uma religião, têm que estar abertas para todas. Se vai ter Jesus nas escolas públicas, vai ter Satanás nas escolas públicas. Se os imóveis de igrejas não pagam impostos, as casas daqueles que se declaram satanistas também tem que estar isentas”, defende o organizador.

Inspirada em movimentos como o Templo Satânico e a Global Order of Satan, a marcha pode ser levada como tema de oração nos cultos de nossas igrejas. Estratégias satânicas, com o pretexto do discurso de igualdade, tentam fazer com que a população ache normal a presença de Satanás neste mundo.

“Queremos fazer um protesto divertido, satírico e blasfêmico, e convidar a sociedade a ter mais pensamento crítico, mais empatia e substituir a sua intolerância pelo amor”, defende um dos organizadores da Marcha para Satanás.