Bolsa Família tem saque antecipado em cidades atingidas pelas chuvas

Devido às fortes chuvas de janeiro, que deixaram milhares de pessoas sem casa nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, beneficiários do Bolsa Família de 227 cidades poderão sacar, nesta quarta-feira (12), o benefício de fevereiro sem precisarem cumprir o calendário.



A antecipação do pagamento já havia sido anunciada pelo Ministério da Cidadania, que abriu a exceção aos beneficiários das cidades que tiveram situação de emergência ou calamidade pública reconhecida pelo governo federal, devido aos estragos das chuvas de janeiro.



O pagamento do Bolsa Família nesta quarta será feito, inclusive, se as famílias perderam os documentos civis ou o cartão cidadão. Nesse caso, é preciso procurar os Centros de Referência Especializados de Assistência Social ou Centros de Referência da Assistência Social no estado.



A tabela com os nomes dos 227 municípios com Bolsa Família liberada está no site do Ministério da Cidadania.



Além disso, o BPC, Benefício de Prestação Continuada, também será antecipado para o dia 19, quarta-feira da próxima semana, a todos os beneficiários. Neste caso, a medida é para moradores das cidades com calamidade pública decretada.



As chuvas de janeiro tiraram a vida de 59 pessoas somente no estado de Minas Gerais, onde mais de 30 mil ficaram desabrigados ou desalojados. No Espírito Santo foram 11 mortes, e quase 15 mil pessoas tiveram que sair de casa.



 



 



*Agência Brasil