Pastor cria unção do morcego contra coronavírus A leitura diária da Bíblia deveria fazer parte da rotina de todo cristão. Mas lamentavelmente muitos preenchem seu tempo com outras atividades e acabam sendo levados pelo engano. Assim é o caso de fiéis que dão ouvidos a quem faz da fé um ato sensacionalista, que em nada edifica.

Raimundo Ferreira, que se identifica como pastor, tem revoltado cristãos comprometidos com o Evangelho genuíno. Ele gerou uma grande polêmica em Pedro II, no Norte do Piauí, após aparecer em um vídeo fazendo uma 'unção do morcego', alusiva ao combate ao Coronavírus.

O religioso aparece pendurando em uma árvore, de cabeça para baixo, falando em milagre e cura. Ele tem recebido críticas, inclusive de colegas pastores da congregação.

"Olha aí, irmão, a que ponto chega uma pessoa para tentar chamar atenção se utilizando do que é sagrado, do Evangelho, da Palavra de Deus, inventando coisas que não existem, e que no final prova que não passa de um falso profeta. Tenha muito cuidado com essas novidades que aparecem por aí no meio do Evangelho para não sermos enganados", desabafou um colega do pastor que teve o vídeo viralizado nas redes sociais.

Raimundo se defendeu das críticas.

“Elas fazem parte. Isso nos dá mais força para continuar”, disse.