Casa Branca comemora absolvição de Trump O Senado dos Estados Unidos absolveu o presidente Donald Trump no julgamento do impeachment. Maioria na Casa, os republicanos rejeitaram as acusações de abuso de poder e de obstrução ao Congresso.

Com o resultado, Trump se tornou o terceiro presidente dos Estados Unidos absolvido pelo Senado em um processo de impeachment. Ele é o primeiro, no entanto, a passar por isso enquanto tenta se reeleger.

A absolvição do mandatário norte-americano foi comemorada pela Casa Branca.

“Hoje, a farsa da tentativa de impeachment tramada pelos democratas acabou com a completa exoneração do presidente Donald Trump. Como dissemos o tempo todo, ele não é culpado”, disse em comunicado a porta-voz da Casa Branca, Stephanie Grisham.

“O Senado votou por rejeitar os artigos do impeachment, que não tinham base, e apenas os oponentes políticos do presidente – todos os democratas e um candidato presidencial republicano fracassado – votaram pelos artigos fabricados”, completou.

A porta-voz se referia ao senador republicano Mitt Romney, único a votar pela condenação de Trump na acusação de abuso de poder, tornando-se assim o primeiro parlamentar da história dos EUA a apoiar um impeachment de um presidente de seu partido.

Nas redes sociais, Trump postou um vídeo, já publicado em outras ocasiões.
A montagem exibe várias placas com datas de eleições presidenciais futuras, o que dá a entender que ele gostaria de ficar no poder muito além de um eventual segundo mandato permitido pela Constituição.