Navio-plataforma arrastado durante temporal já retornou à Baía de Guanabara Um temporal provocou alagamentos e quedas de árvores nessa quinta-feira (30) à noite, na cidade do Rio de Janeiro. Entre as áreas mais afetadas estão a Tijuca e a região central.

Na Tijuca, várias vias ficaram bloqueadas com quedas de árvores, como as ruas Professor Eurico Rabelo e Ribeiro Guimarães. Essa última continuava fechada até o início da manhã desta sexta, na esquina com a Rua Maxwell.

A prefeitura chegou a entrar, na noite de ontem, em estágio de atenção, o patamar intermediário em um sistema de cinco estágios. No primeiro minuto do dia de hoje, o município retornou ao estágio de mobilização.

Os fortes ventos chegaram a arrastar um navio-plataforma em Niterói. O P-70, que na noite de ontem foi arrastado pelo vento até encalhar em Gragoatá, Niterói, voltou para o meio da Baía de Guanabara.

Durante a madrugada de hoje, seis rebocadores da Petrobras, dona do navio-plataforma, fizeram a operação de traslado. A Capitania dos Portos acompanhou a operação.

A previsão para esta sexta-feira será de mais calor e pancadas de chuvas no fim do dia. O céu fica parcialmente nublado no Rio de Janeiro, passando a nublado e com previsão de pancadas de chuva isoladas de intensidade moderada a forte a partir da tarde, podendo vir acompanhadas de raios e rajadas de vento. Segundo o Sistema Alerta Rio, as temperaturas seguem estáveis, com máxima de 40º C.