Publicidade

Mourão reprova atitude de Witzel de ter gravado e divulgado sua conversa O presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou nesta segunda-feira (27) que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, esqueceu a ética e a moral. A declaração foi dada por Mourão após Witzel ter divulgou em suas redes sociais neste domingo (26) um vídeo no qual conversa, por telefone, com o presidente em exercício.

Mourão não teria sido avisado de que a ligação estava no viva-voz e estava sendo filmada. Na conversa, nada comprometedor, o vice-presidente prometia ajudar Witzel na questão das chuvas que atingem o Norte e Noroeste Fluminense, assim como o governo federal prometeu ajudar aos governos de Minas Gerais e do Espírito Santo também por conta das fortes chuvas.

Da Índia, o presidente Jair Bolsonaro também criticou a postura do governador, dizendo que “não é usual alguém fazer isso e que não gostaria que fizessem com ele”.

Chuvas
Hoje (27), subiu para 101 o número de cidades em situação de emergência em Minas Gerais por conta das chuvas. Até o momento, a Defesa Civil mineira confirmou a morte de 44 pessoas no Estado, registradas nos últimos três dias. Dezenove pessoas continuam desaparecidas.

A maior parte das ocorrências está relacionada a deslizamentos e soterramentos.

No Espírito Santo, quase 9 mil pessoas ainda estão fora de casa em consequência das fortes chuvas que atingem o Estado há 10 dias./// Desde que as chuvas começaram, nove pessoas morreram.

No Norte e Noroeste Fluminense, as chuvas atingiram mais de 6 mil pessoas. Uma morte foi registrada.

E a previsão para fevereiro é preocupante. Novos temporais estão previstos para o início e o fim do mês que vem.