Sopa de morcego pode ter espalhado coronavírus na China A disseminação do coronavírus entre humanos na China pode ter origem em morcegos e cobras. Surgiu a suspeita de que a ligação entre os morcegos e as pessoas seja uma sopa amplamente consumida na cidade de Wuhan, onde está o principal foco do coronavírus e que está isolada.

Um estudo conduzido por cientistas chineses e publicado no Jornal de Virologia Médica levantou esta suspeita.

O coronavírus já matou 17 pessoas na China e infectou outras 600.

Sabe-se que os coronavírus são transmitidos de animais para humanos e, posteriormente, a transmissão pode ocorrer de pessoa para pessoa.

O local onde os primeiros casos foram relatados foi um mercado de frutos do mar e de animais vivos em Wuhan.

Um estudo anterior, de 2017, publicado no China Science Bulletin, ressaltava que "os morcegos estão conectados ao crescente número de vírus emergentes e re-emergentes que podem quebrar a barreira das espécies e se espalhar para a população humana".