Publicidade

China confirma 9ª morte por coronavírus A Organização Mundial da Saúde (OMS) se reúne nesta quarta-feira (22) em Genebra, na Suíça, e pode decretar “emergência de saúde pública de interesse internacional” devido ao avanço do coronavírus. Na terça (21), subiu para nove o número de mortos por coronavírus, que já infectou 440 pessoas na China, de acordo com as autoridades de saúde local.

Os primeiros casos foram registrados em Wuhan, uma megalópole de 11 milhões de pessoas na região central do país. O vírus, que provoca um tipo de pneumonia, chegou a Macau, na costa sul chinesa, e já se espalhou para vários países.

Os EUA registraram o primeiro caso na terça-feira (21). O Japão, a Tailândia, Taiwan e a Coreia do Sul também já foram afetados. Na Austrália, há um caso suspeito de um homem que viajou a Wuhan e está passando por exames, em local isolado.

O que é o coronavírus?
O coronavírus pertence à família de vírus chamada Coronaviridae, que tem representantes que vão desde um vírus simples de gripe até doenças de maior risco à saúde humana, como a Síndrome Respiratória do Oriente Médio, conhecida pela sigla MERS, (vinda de dromedários para humanos) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave, SARS (vinda de felinos para humanos). Essa última doença infectou mais de 8000 pessoas e matou 800 em uma epidemia em 2002.

Sintomas
Os sintomas do coronavírus são parecidos com os da gripe. São eles: dificuldade de respirar, coriza, tosse, dor de garganta e febre.
Grupos de maior risco, como idosos e crianças, podem desenvolver doenças mais graves ao serem contaminadas com o coronavírus, como pneumonia, síndrome respiratória aguda grave, falha renal e morte.