Publicidade

Pastores relatam incidente durante conversão de budistas Médicos e dentistas cristãos de uma agência missionária americana estiveram em Mianmar, na Ásia, para levar atendimento gratuito à população. Mas acabaram deixando algo precioso neste país com grande número de budistas. Eles ganharam 11 vidas para Cristo que agora têm a missão de dar outros frutos em sua própria nação.

O trabalho missionário foi organizado por Paul Ai, ex-médico de bruxaria do Vietnã, que recebeu a Cristo e se tornou um produtivo plantador de igrejas em toda a região. A clínica aconteceu no início de dezembro durante dois dias em Myitkyina, no norte de Mianmar.

Após serem atendidos, alguns budistas visitaram uma sala de oração ao lado da clínica, o que levou a um incidente incomum que parecia sinalizar um choque no reino espiritual, segundo relata os pastores da equipe missionária.
No último dia da clínica, 11 budistas oraram para receber Cristo.

O pastor sênior Mark Morrow, da Crosswalk Church em Williamsburg, Virgínia, estava na sala de oração e testemunhou uma ocorrência notável.

Quando ficou claro que os budistas estavam prontos para receber Jesus, foram orientados a orar junto com a equipe pastoral americana, assistida por um tradutor.

"Assim que eles disseram 'Querido Jesus' e o repetiram em birmanês, ouvi um alto fogo de artifício estourar. Todo mundo na sala pulou”, relembra o pastor Morrow.
Ele diz que houve um barulho muito alto, como se alguém acendesse um foguete na sala.

“Estávamos tentando entender quando um membro da equipe pastoral exclamou: ‘Olha, a mesa acabou de rachar!’”, disse Morrow.

O pastor olhou para baixo e não podia acreditar no que estava vendo. Era uma mesa pesada de mogno ou teca, muito robusta, que havia rachado de uma extremidade à outra.

“Eu era o mais próximo dessa mesa. Minhas canelas estavam a dois centímetros de distância”, ele relembra.

“A mesa rachou na minha frente. Não houve mudança de temperatura, não houve peso na mesa. Assim que os budistas disseram 'Querido Jesus' e repetiram a oração para aceitá-lo, a mesa apareceu rachada. O povo birmanês deu um pulo. Eles viram que algo tangível havia acontecido”, conta.

O pastor Morrow acredita que a manifestação física resultou de uma batalha no reino espiritual pelo coração do povo - que Deus elevou um padrão contra o inimigo.

"É como nos filmes antigos de Drácula, quando você segura a cruz e o diabo foge", diz ele.

"O espírito de Deus acabou com as forças demoníacas que estavam impedindo essas pessoas", conclui o pastor.