Ouça aqui a Rádio Melodia!

Governo começa a distribuir livros didáticos

Os livros e materiais didáticos que serão utilizadas em 2020 já começaram a ser distribuídos.



Durante os meses de janeiro e fevereiro, as escola tem a responsabilidade de receber os materiais.



É fundamental que todas as unidades escolares tenham um representante para receber esses materiais. Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação , a ausência de um responsável na escola para o recebimento dos materiais impacta diretamente na entrega para outras unidades de ensino e gera desperdício de recurso público, uma vez que a carga deve retornar a sua origem.



A coordenadora-geral dos Programas do Livro do FNDE, Nádja Cézar, explica que a logística de distribuição dos materiais não é interrompida no período de festas ou férias para garantir que sejam entregues nas escolas até o início do ano letivo. “Os Correios são um importante parceiro nesse processo e vêm realizando, desde setembro, um trabalho complexo de distribuição de forma a chegar em todas as escolas públicas do país antes das aulas começarem”, conta.



Nádja diz ainda que é fundamental que todas as unidades escolares tenham um representante para receber esses materiais. “A ausência de um responsável na escola para o recebimento dos materiais compromete as entregas, o que impacta diretamente no recebimento de outras unidades de ensino e gera desperdício de recurso público, uma vez que a carga deve retornar a sua origem. A escola é a parte mais importante para o sucesso do PNLD e são seus profissionais que garantem que o livro chegue nas mãos de todos os estudantes”, relata. Veja aqui o vídeo com a Coordenadora-geral do PNLD.



Para facilitar este processo de entrega, o FNDE disponibilizou ferramenta no sistema PDDE Interativo/SIMEC. Na aba “Dados”, as escolas devem informar, até o dia 27 de dezembro, o nome, o CPF e o telefone do responsável por receber os livros. Essas informações facilitarão o trabalho dos Correios, que poderá entrar em contato caso tenha dificuldades para efetuar as entregas.



Além disso, é necessário informar na aba “Matrícula” o quantitativo de alunos matriculados em 2020 no ensino fundamental e no ensino médio. Caso a escola ainda não tenha informação sobre o aluno em 2020, não deve preencher este campo. As escolas que atendem o ensino médio também devem declarar nesta aba o quantitativo de livros devolvidos.