Publicidade

Oração por Jerusalém Jerusalém foi cenário de mais uma edição do “Café da Manhã de Oração por Jerusalém. O evento foi realizado entre os dias 4 e 6 de junho e é uma mobilização criada por israelenses, como o especialista em Ciência Política e Relações Internacionais, Albert Veksler, com o objetivo de clamar pela indivisibilidade de Israel. Trata-se de uma oportunidade para se construir pontes entre cristãos e líderes judeus ao redor do mundo. Nesta edição, as reuniões foram realizadas no Knesset (Parlamento Israelense) e no Waldorf Astoria Hotel, em Jerusalém.

Inspirado no Café da Manhã Nacional de Oração em Washington, DC (apresentado anualmente pelo Senado e Grupos de Oração do Congresso Americano), o movimento “Jerusalem Prayer Breakfast” é coordenado atualmente por Albert Veksler, que se diz “focado em construir uma atmosfera de unidade e entendimento mútuo”, atendendo ao chamado da Bíblia para orar pela paz de Jerusalém: “Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam” (Salmos 122.6).
Centenas de representantes de até 70 nações — entre pastores, representantes políticos e empresários — participaram dessa iniciativa.

Uma carta do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi lida no encontro. Em suas palavras, ele elogiou o evento como uma expressão de “nossa maior esperança de paz”.