Atriz publica foto nua e se diz evangélica

A atriz e modelo Denise Dias, que se diz evangélica, garante que nunca sentiu preconceito por fazer ensaios sensuais e usar pouca ou nenhuma roupa em seus trabalhos. Ela costuma dizer que "o pecado está mais na cabeça das pessoas". No entanto, recentemente a moça foi duramente criticada após publicar uma foto nua em sua conta no Instagram com quase 800 mil seguidores.



Denise se converteu ainda criança, mas só recentemente tomou a decisão de ser batizada. Para ela, “cada um deve se vestir como se sente bem e feliz.



“Não vejo nada demais em me vestir assim. Não estou ofendendo ninguém. Deus me julga pelo meu coração e não pelo que visto. O pecado está na mente das pessoas e não no que elas vestem. Nunca passei por nada de preconceito e ninguém me julgou. As pessoas veem quem a gente é pelas nossas atitudes", comentou.

Ela reconhece que o cristão precisa ser imitador de Cristo, mas alerta que jamais alguém será perfeito como o Filho de Deus. Denise diz que o fato de ter se batizado não significa que iria virar “santa” da noite para o dia. Apesar de achar bonito o sexo só depois do casamento, Denise conta que não consegue seguir esse ensinamento.



"Acho bonita a forma que a Bíblia prega de ter sexo após o casamento. É muito melhor analisar bem se a pessoa é a melhor para você. Eu infelizmente, não segui o que a Bíblia fala. Gostaria de ter seguido", explica a jovem que no momento está namorando.

Denise também não vê problema de desfilar no Carnaval. Mas garante que procura avaliar se o enredo não vai contra sua fé.

"Não tenho certeza se não vou desfilar no Carnaval. Se for desfilar, tem que ser em uma escola em que eu me sinta bem de cantar o enredo”, comenta.

Denise afirma que nunca sofreu preconceito por seus cliques sensuais que costuma dividir com seus seguidores do Instagram.



"Depois que as pessoas ficaram sabendo publicamente da minha opção religiosa, muitas têm me apoiado, falam pra eu não deixar meu jeito de ser. A igreja que eu frequento é superleve e eles não se incomodam com as nossas opções fora dali”, revela.