Liverpool é campeão mundial

O Liverpool derrotou o Flamengo por 1 a 0 na tarde deste sábado (21) e conquistou pela primeira vez o título do Mundial de Clubes da Fifa. A vitória da partida, realizada no estádio Khalifa International, em Doha (Catar), foi obtida apenas na prorrogação, graças ao gol do atacante brasileiro Firmino, após empate sem gols nos 90 minutos iniciais.



O craque publicou uma foto nas redes sociais, ao lado do goleiro Alisson, eleito o melhor do mundo em 2019, dando toda glória e honra a Deus. Os dois são atletas de Cristo.





Com este triunfo, o Liverpool, de certa forma, devolve a derrota de dezembro de 1981, quando a taça ficou com um Flamengo que, comandado por Zico, venceu por 3 a 0 no estádio Nacional de Tóquio.



Após 90 minutos sem gols, o Flamengo foi para a prorrogação dando sinais de uma queda no aspecto físico. Isto ficou mais evidente aos 8 minutos, quando Henderson lança Mané, que, com grande liberdade, toca para Firmino, que se livra da marcação e chuta para o fundo do gol de Diego Alves.



Dois minutos depois Salah quase faz o segundo. Ele acerta um belo chute da entrada da área, mas Diego Alves faz a defesa. A partir de então o time inglês conseguiu segurar o Flamengo para ficar com seu primeiro título mundial.



Primeiro Mundial



Apesar de ter conquistado a Liga dos Campeões da Europa em 6 oportunidades, o time da terra dos Beatles só participou de 4 disputas pelo título mundial, e desistiu em 2 oportunidades.



Além da derrota para o Flamengo em 1981, o Liverpool perdeu para o Independiente em 1984 e para o São Paulo em 2005. E, em 2019, finalmente ficou com seu primeiro título.



Ficha Técnica



Sábado, 21 de dezembro de 2019 LIVERPOOL 1 X 0 FLAMENGO Competição: Mundial de Clubes da Fifa Local: Estádio Khalifa Internacional, Doha (Catar)



Liverpool: Alisson; Alexander-Arnold, Joe Gomez, Van Dijk e Robertson; Henderson, Keita (Milner) e Oxlade-Chamberlain (Lallana); Mané, Salah (Shaqiri) e Firmino (Origi). T: Jürgen Klopp.



Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão (Berrío), Gerson (Lincoln) e Arrascaeta (Vitinho); Everton Ribeiro (Diego), Gabriel Barbosa e Bruno Henrique. T: Jorge Jesus.



Gol: Primeiro tempo prorrogação: Firmino (8).