Legado

Você já parou para pensar no legado que você está deixando? O meu avô disse que o avô dele Morava na Rússia, emu ma colônia bem no interior. Ele construiu uma casa e foi chamado pela aldeia porque não poderia ter tirado madeira da selva. Não era permitido cortar as árvores. Mas se a pessoa conseguisse pegar a árvore inteira, ela não era condenada.

E, então, esse meu tataravô pegou os responsáveis pela aldeia e foi com eles até a selva. Ele cortou um tronco enorme, colocou no ombro e foi arrastando e foi isentado porque construiu a casa dele arrastando uma árvore inteira.

Eu não o conheci. Mas ele deixou um legado. E o meu avô dizia que eu sou muito parecido com este meu tataravô; sou grandão. A gente precisa entender que é preciso deixar heranças para os nossos filhos. Não estou falando de dinheiro e posse, mas sim de ensinamento, vida com Deus, exemplo a ser seguido. 

O legado foi notório na vida de Timóteo, registrado pelo apóstolo Paulo em 2Timóteo 1.5, “Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Lóide e em sua mãe Eunice, e estou convencido de que também habita em você.”. 

Já parou para pensar sobre a responsabilidade que você tem em passar o amor de Cristo para os seus filhos, netos, bisnetos e talvez até para aqueles que não venham a conhecer você pessoalmente? 

Que você possa viver uma vida aos pés do Senhor e deixar a a maior herança, que é o amor e uma vida aos pés de Jesus. A sua vida é assim?

 



“O homem bom terá uma herança para deixar para os seus netos, mas a riqueza dos pecadores ficará para as pessoas honestas.” – Provérbios 13.22


s