Publicidade

Missionário anuncia Jesus aos sem-tetos de Tóquio

Às vezes, quando Mark Bennett batiza alguém, ele pede à família e aos amigos do novo crente que subam ao palco e fiquem atrás dele. E então algo anormal acontece - dezenas de pessoas atendem ao seu pedido.



Isso pode não parecer estranho, mas quando o homem que está sendo batizado é um sem-teto, essa multidão é um milagre. Se você é um homem sem-teto em Tóquio, Japão, então não está acostumado a fazer as pessoas saberem seu nome e muito menos chamá-las de sua "família".



"Para mim, é incrivelmente emocionante porque uma pessoa desabrigada, desamparada e sem família chega à fé e se torna parte da família", disse Bennett, um missionário da International Mission Board - IMB.



É isso que ele procura quando leva caminhões de pães para as ruas de Tóquio para alimentar dezenas de homens sem-teto, compartilhar Jesus e estudar a Bíblia com eles.



"Enquanto aparecermos e tivermos comida, eles aparecerão e receberão o Evangelho", disse Bennett, que trabalha com um ministério de capelania na calçada que atrai de 80 a 100 pessoas por semana. Um colega de equipe dele começou a "capelania" há 11 anos com basicamente uma igreja doméstica sem casa - uma reunião sem paredes onde os famintos podem obter pão literal e o Pão da Vida.



É um ministério difícil, diz Bennett, e as pessoas entram e saem. Mas com o tempo, muitos corações mudam.



"Observo os homens amolecerem lentamente enquanto as boas novas penetram em seu espírito", disse Bennett. "Então, algumas semanas depois, esse cara está dizendo: 'Sim, eu confio em Jesus como meu Senhor.'"



Bennett ora para que essas sementes se estabeleçam e se fortaleçam na vida desses homens. Nem toda história é uma história de sucesso, mas muitas são.



Masuda San era um homem quebrado quando apareceu pela primeira vez no culto da calçada.

"Era uma história típica. Eles vêm pela comida - essa é toda a sua motivação", disse Bennett. "Mas enquanto eles estão lá, damos-lhes uma parte das Escrituras e compartilhamos o Evangelho."



Bennett aprendeu o nome de Masuda San, e isso causou impacto - Masuda San não estava acostumado com pessoas olhando nos olhos dele, muito menos chamando-o pelo nome. Ele aceitou o presente de Bennett, o Evangelho de João, o folheava rapidamente e voltou e pediu mais. Então ele pediu mais uma vez. Dentro de seis meses, ele havia lido a Bíblia inteira.



"Ele tem esse pequeno e desgastado Novo Testamento, e tem notas e destaques", disse Bennett. "Estaremos sentados no estudo da Bíblia, e alguém fará uma pergunta e ele começará a ensiná-los nas Escrituras. Ele conhece a Palavra, e o Espírito Santo está usando-o para ensinar esses outros rapazes."



Bennett por ele e seus companheiros de equipe, no atendimento às necessidades físicas e compartilhamento do Evangelho com dezenas de homens sem-teto nas ruas de Tóquio.



“Ore pelos sem-tetos. Peça a Deus para que eles encontrem seu significado em Cristo”, pede o missionário.