Publicidade

A Netflix lançou o primeiro trailer de sua próxima série, Messiah, e revelou uma grande reviravolta na trama para muitos espectadores muçulmanos.

O filme mostra um homem semelhante a Cristo que realiza milagres ao redor do mundo.
Mas o nome do personagem é um enorme aceno para Dajjal, um falso profeta do islamismo comparável ao Anticristo.

Muitos muçulmanos e falantes do árabe acharam que o "messias" era Dajjal e brincaram que precisariam "pegar um tapete de oração" depois de assistir ao trailer.

No trailer, o personagem principal - interpretado pelo ator belga Mehdi Dehbi - é visto realizando milagres e formando um grande número de seguidores por todo o mundo.

Em dez episódios de uma hora, a história se desenrola de múltiplos pontos de vista, incluindo um jovem agente da cia, um oficial israelense shin bet, um pregador latino e sua filha texana, um refugiado palestino e a mídia, entre outros.

Uma oficial da CIA investiga a figura ilusória, que ela suspeita ser uma grande vigarista global. Durante um interrogatório, o homem diz que foi enviado "pelo pai" para ajudar as pessoas.
A Netflix twittou o trailer com a pergunta: "Quem você acha que ele é?"

O personagem de Dehbi não é mencionado no trailer, mas ele é nomeado no site da Netflix como Al-Masih - árabe para "o messias". É o nome usado para Jesus Cristo no Islã, mas também é o nome com o qual Dajjal é anunciado.