Publicidade

Neymar antecipa depoimento à polícia Neymar chegou de muletas à delegacia da Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (06) e foi cercado por crianças logo na descida do veículo que o levou.

Após ser cortado da Copa América devido a uma contusão no tornozelo direito, o craque decidiu antecipar seu depoimento à polícia, que a princípio estava marcado para esta sexta-feira (07).

O depoimento durou duas horas, mas o atacante preferiu não dar detalhes à imprensa. Na saída ele apenas agradeceu o apoio e as mensagens recebidas.

“Meus amigos, fãs, todo mundo que está acompanhando. Só agradecer, obrigado pelo carinho, dizer que me senti muito amado. Só agradecer o carinho de todos”, disse o atleta.

A Advogada de Neymar, Maíra Fernandes também falou com a imprensa na saída da delegacia, mas não deu detalhes do depoimento.

“O Neymar acabou de prestar depoimento, fez questão de vir o quanto antes, assim que pôde veio para esclarecer tudo que era devido. Confiamos plenamente que vamos provar a inocência do nosso cliente. O processo é sigiloso, mas ele prestou todos os esclarecimentos que eram devidos”, disse.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro apura se o atleta cometeu crime virtual ao, na tentativa de se defender da acusação de estupro, divulgar conversas nas quais há imagens íntimas da mulher que, em São Paulo, disse ter sido forçada a ter relações sexuais com ele.

O suposto estupro teria sido cometido em Paris, no dia 15 de maio, mas a denúncia só foi feita no Brasil no dia 31.