Publicidade

Jogador é batizado em piscina de treinamento do time Quando o amor de Deus chega ao coração, não tem hora e nem lugar. Foi assim com o jogador de futebol americano Trace McSorley, do Baltimore Ravens. Ele foi batizado em uma das piscinas de recuperação da sala de treinamento da equipe. O capelão do time, Johnny Shelton, liderou a cerimônia com a ajuda do atacante James Hurst.

“Era algo que eu queria fazer quando estava na faculdade e nunca fiz por algum motivo. Johnny levantou e se aproximou de mim. Eu sabia que na segunda vez, definitivamente queria fazer isso”, disse McSorley. "Chegamos na sala de treinamento e alguns caras estavam lá e nós fizemos."

Enquanto Shelton liderava o batismo, o quarto zagueiro teve como testemunha alguns de seus colegas de time, como Hurst, L.J. Fort, Willie Snead IV, Jordan Richards, Otaro Alaka e os treinadores Bobby Engram e Craig ver Steeg.

McSorley falou sobre o que aquele ato significava para ele e que tipo de declaração ele está fazendo ao escolher ser batizado.

Ele contou que tem uma família “bastante religiosa e fiel", mas nunca teve uma decisão quanto ao batismo até aquele dia. “Foi minha decisão. Eu escolhi por mim mesmo”.

O capelão Hurst é um dos líderes religiosos da equipe. Ele e sua esposa, Amanda, hospedaram casais para estudos bíblicos em sua casa nos últimos três anos.

“Johnny me pediu para ajudar. Tive a honra de fazer isso e fazer parte disso, que é um grande momento na vida de alguém e é muito legal,” disse Hurst.