Assembleia de Deus no Brasil completa 109 anos

Em 19 de novembro de 1910, os missionários fundadores da Igreja Evangélica Assembleia de Deus desembarcaram em Belém do Pará. 



Há exatos 109 anos, Gunnar Vingren e Daniel Berg traziam dos Estados Unidos a doutrina do batismo no Espírito Santo, originado do pentecostalismo, pregando inicialmente na Igreja Batista. 



Porém, logo os dois seriam expulsos da batista, que não aprovava a doutrina pentecostalista. A solução seria fundar sua própria igreja. 



A Igreja Evangélica Assembleia de Deus se expandiu pelo estado do Pará, alcançando o Amazonas, e propagou-se para o Nordeste, principalmente entre as camadas mais pobres da população. 



Sua chegada ao Sudeste se daria apenas em 1922, por meio de famílias de retirantes do Pará. Naquele ano, a igreja teve início no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, e ganhou impulso com a transferência de Gunnar Vingren, de Belém, em 1924, para a então capital da República. 



Desde 1930, quando se realizou um concílio da igreja na cidade de Natal, a Assembleia de Deus no Brasil passou a ter autonomia interna, sendo administrada exclusivamente pelos pastores residentes no Brasil, sem contudo perder os vínculos fraternais com a igreja na Suécia. 



A partir de 1936 a igreja passou a ter maior colaboração das Assembleias de Deus dos Estados Unidos através dos missionários enviados ao país. 



A Assembleia de Deus é considerada a maior denominação evangélica do país, com mais de 22,5 milhões de membros.