Trump faz oração do Dia D O Presidente dos Estados, Donald Trump, participa das comemorações do 75º aniversário do Dia D, juntando-se a outros líderes mundiais e dignitários em Portsmouth, na Inglaterra.

O Dia D foi um ponto-chave de lançamento para as forças aliadas que partiram da Inglaterra para invadir as praias da Normandia, na França, para começar a expulsar os ocupantes nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Foi um momento decisivo e um dia de grande sacrifício para as tropas dos EUA.

Durante uma cerimônia especial, Trump leu a famosa oração do Presidente do Dia D, Franklin Delano Roosevelt, pronunciada a toda a nação em 6 de junho de 1944.

"Vossa vontade será feita, Todo-Poderoso Deus". Diz um trecho da oração.

Foi uma cerimônia sombria e pacífica, dando início a dois dias de observância do Dia D.
Líderes representando países aliados representaram os EUA, Canadá, Austrália, Bélgica, República Tcheca, Eslováquia, Luxemburgo, Dinamarca, França, Grécia, Holanda, Nova Zelândia, Noruega e Polônia.

Estiveram presentes líderes de países aliados como EUA, Canadá, Austrália, Bélgica, República Tcheca, Eslováquia, Luxemburgo, Dinamarca, França, Grécia, Holanda, Nova Zelândia, Noruega e Polônia.

Outros líderes compareceram evento incluindo a rainha Elizabeth II, a primeira-ministra britânica Theresa May e o presidente francês Emmanuel Macron. Nesta quinta-feira (06), o foco muda para a França em mais eventos.

O Dia D envolveu mais de 150.000 soldados aliados que lotaram as praias da Normandia. Eles foram transportados por 7.000 barcos em uma batalha denominada Operação Overlord.