Mais uma igreja é incendiada no Chile Os protestos que tomaram as ruas de Santiago, no Chile, agora atinge igrejas da capital chilena. Após picharem a Igreja Católica Veracruz, vândalos decidiram voltar ao templo para incendiá-lo.

Os bombeiros chegaram à igreja localizada no bairro de Lastarria no fim da tarde de ontem (12), enquanto o templo ainda queimava por dentro.

A igreja de Veracruz começou a ser construída em 1852. Com um estilo neoclássico, o templo foi declarado monumento histórico no dia 29 de junho de 1983.

Esta paróquia conservava no presbitério, atrás do altar, uma das duas relíquias no Chile que contém pequenos fragmentos da cruz em que Jesus foi crucificado. A relíquia foi retirada antes do ataque.

A paróquia entra na lista de outras cinco igrejas severamente atacadas desde o início dos atos de violência no Chile contra o governo do presidente Sebastián Piñera.

Enquanto isso, aqui no Brasil, o ex-presidente Lula, recentemente solto da carceragem da Polícia Federal em Curitiba/PR, pede para que a militância esquerdista siga o exemplo desses vândalos.
“Se a gente souber trabalhar direitinho, em 2022 a chamada esquerda que o Bolsonaro tanto tem medo vai derrotar a utradireita… A gente tem que seguir o exemplo do povo do Chile, do povo da Bolívia, e resistir”, disse o petista.