Justiça aceita pedido para que Lula seja solto

O ex-presidente Lula foi solto nesta sexta-feira (08). O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou o pedido da defesa do ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva para que ele seja solto.



Condenado em duas instâncias no caso do triplex, Lula estava preso desde abril de 2018 na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba.



Agora, ele terá o direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.



O petista foi beneficiado depois que o Supremo Tribunal Federal derrubou a prisão após condenação em segunda instância.



O ex-presidente responde a mais seis processos. Ele foi o primeiro ex-presidente do Brasil condenado por crime comum.



Em sua conta no Twitter, o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, havia deixado uma reflexão:



"O Estado de Direito é um dos pilares de nossa civilização, assegurando que a Lei seja aplicada igualmente a todos. Mas hoje, dia 8 de novembro de 2019, cabe perguntar: onde está o Estado de Direito no Brasil? Ao sabor da política?"



Após a notícia da soltura de Lula, o dólar disparou. A moeda americana fechou em R$ 4,17. Uma alta de 1,8%. É o maior valor desde 17 de outubro.



 



 



Aguarde atualização