Caso Neymar provoca afastamento de repórter da Globo O repórter Mauro Naves foi afastado da cobertura esportiva da TV Globo. Isso porque Naves, segundo a própria emissora, repassou o contato do pai de Neymar ao ex-advogado de Najila Trindade, José Edgard Bueno, em troca de uma entrevista exclusiva. Najila é a mulher que acusa o jogador de estupro.

O anúncio foi feito pela própria Globo durante a edição desta quarta-feira (5) do Jornal Nacional. Apresentador do telejornal, William Bonner, afirmou que as atitudes contrariavam as diretrizes da emissora. Por isso, ele foi afastado de suas atividades voltadas à cobertura esportiva.

O nome de José Edgard Bueno veio à tona depois que o pai de Neymar afirmou, em entrevista à TV Bandeirantes, que seu filho havia sido vítima de extorsão por parte de um grupo de advogados, entre eles Bueno. Após atacar o discurso de estupro da mulher que se disse vítima de Neymar, José Edgard Bueno também não poupou palavras para se defender diante das acusações de Neymar pai de que ele teria tentado extorquir o estafe do jogador quando ainda defendia a moça.

Pela primeira vez, Najila fez uma declaração pública. Ela reafirmou nesta quarta-feira (5) ter sido vítima de agressão e de estupro no quarto do hotel em que esteve com o jogador, em Paris. "Eu fui vítima de estupro. Agressão juntamente com estupro", disse, em entrevista ao SBT.