Pedágio volta a ser cobrado na Linha Amarela

O pedágio da Linha Amarela voltou a ser cobrado nesta sexta-feira (1º). Mas apenas no sentido Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. No sentido Centro, os carros devem voltar a pagar tarifa em 48 horas, de acordo com a Lamsa, concessionária que administra o serviço. O Valor do pedágio é de R$ 7,50 por sentido.



A prefeitura do Rio de Janeiro apresentou aos vereadores um Projeto de Lei que sugere que um pedágio de R$ 2,00 em sentido único seria suficiente para garantir a manutenção da Linha Amarela.



Nesta sexta-feira (1º.) está marcada uma reunião extraordinária entre sete comissões que devem conceder um parecer conjunto sobre esse projeto para que a Linha Amarela passe para o município.



O prefeito Marcelo Crivella alega que a Lamsa cobra mais caro pelo pedágio do que deveria. Segundo a prefeitura, a concessionária, após um aditivo no contrato em 2011, causou prejuízo de R$ 250 milhões para o Erário, com obras que teriam sido superfaturadas. A briga foi parar na Justiça.