Teleton 2019 tem louvor e mensagem cristã Silvia, Patrícia e Rebeca Abravanel a missão de substituir o pai, Silvio Santos, de 88 anos, na apresentação do Teleton 2019 e deram conta do recado. Após o apresentador ser acometido por uma gripe, as filhas tiveram que encarar o desafio e deixaram o encerramento do programa com cara de culto, recebendo elogios de uns e críticas de outros.

“Ele pegou uma gripe muito forte e ficou sem voz”, disse a herdeira Patrícia. “Esperamos honrar o nosso pai”, disse ainda.

“Tudo o que a gente está vivendo é porque um dia você tomou essa atitude. Que Deus te abençoe e você possa melhorar bem rápido. A gente adora ver você aqui brincando nesse palco, falando as suas coisas”, afirmou. “A gente quer te ver bem logo”.

A cantora Aline Barros acabou se tornando a grande atração do programa beneficente.

“O pessoal deve estar se perguntando o que acontece que a gente está fazendo um culto evangélico aqui”, disse Patrícia.

A apresentadora foi além: “Aqui no SBT a gente não tem uma religião. A gente não prega nada. Mas algo que faz a diferença em nossas vidas é a gente ter fé em Deus”, explicou.

Na reta final, o programa contou com a ajuda do leiloeiro Mauro Zukerman, amigo de Silvio, que trabalhou no SBT nos anos 1980 e 90. Ele conduziu o Teleton até o anúncio do resultado alcançado, R$ 32.427.330, acima da meta de R$ 30 milhões. O programa começou na noite de sexta-feira (25) e terminou já na madrugada de sábado.