Justiça decidirá se filhos de Flordelis irão a júri popular

Está marcada para o próximo dia 31, às 09h, a primeira audiência do processo que tem dois filhos da deputada federal Flordelis como réus e que  decidirá se os réus irão a júri popular.



No total, nessa primeira sessão do julgamento, serão ouvidas as 16 testemunhas de acusação. Depois, falarão as de defesa e, por último, os dois acusados pelo crime: Lucas Cézar dos Santos e Flávio dos Santos Rodrigues.



Lucas, filho adotivo de Flordelis, e Flávio, filho biológico da deputada, pastora e cantora, são acusados de envolvimento no assassinato do pastor Anderson do Carmo, morto em junho, na garagem de casa, em Niterói. A investigação, no momento, se concentra na motivação do crime e na possibilidade de ter mais envolvidos.



Por conta do número de testemunhas a serem ouvidas, também existe a chance de que a audiência não termine em um só dia. Caberá à juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, estender o horário ou remarcar.



Lucas está preso na penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pelegrino, conhecida como Bangu 1, em cela isolada. Já Flávio está no presídio Bandeira Stamba, Bangu 9.



Lucas diz que auxiliou Flávio a comprar a arma, uma pistola. Já Flávio confessou ter apertado o gatilho que matou o pai adotivo, marido de Flordelis.