Bandidos praticam assaltos com máquina de cartão As máquinas de cartão criadas para facilitar a vida de clientes e vendedores tornaram-se uma dor de cabeça. Pelo menos para as vítimas de criminosos que desenvolveram um novo golpe e utilizam máquinas de cartão de débito e crédito na cidade de São Paulo.

Pelos menos 60 criminosos já foram presos cometendo esse tipo de crime.
Desde janeiro deste ano houve registro de 45 casos de roubo com maquininha na Grande São Paulo. A polícia quer ajuda das operadoras para coibir o crime, que quase sempre tem participação do dono da máquina de cartão.

A polícia pretende investigar quem, por exemplo, tem um comércio que tem R$ 1 mil de mercadoria e recebe R$ 10 mil. Um planejamento em conjunto com as operadoras para dificultar esse sistema está em desenvolvimento.

Em nota, a Associação Brasileira das Empresas de Cartão de Crédito e Serviços disse que as empresas investem constantemente em ferramentas de segurança, e que ao identificar transações indevidas podem interromper o serviço.

A associação explicou ainda que para ter a máquina de cartão a loja ou profissional autônomo precisam apresentam documentos que comprovem a atuação lícita.

Na maioria dos casos, o criminoso sequestra a vítima e, com o uso de uma máquina de cartões, faz várias operações de débito em sua conta.