Pastora desmente áudio de WhatsApp sobre “vendas de oração”

Voltou a circular pelo WhatsApp o áudio de uma mulher que se identifica como pastora Patrícia e diz vender oração e ainda garantir um milagre por R$ 1.500,00. O áudio é falso e a pastora que foi alvo do boato divulgou um vídeo no Facebook esclarecendo o fato.



O boato surgiu em fevereiro de 2017, no entanto, voltou a circular nesta semana no WhatsApp. No áudio de 1m30s, a mulher oferta cinco minutos de oração por R$ 150, dez minutos de oração por R$ 300 e 30 minutos mais a profecia por R$ 850.



“Uma hora de oração R$ 1.500,00, mais a profecia, a revelação, o material de estudo bíblico e a certeza do milagre. Sempre aconselho essa porque o milagre é certo. Não está caro, irmãos. Deus tem abençoado”, diz e ainda pede para que as pessoas repassassem a mensagem.



No último dia 26, a pastora Patrícia Anghinoni Bonissoni, moradora de Francisco Beltrão, no Paraná;voltou a divulgar em sua página no Facebook, que hoje conta com cerca de 3 milhões seguidores, o vídeo de esclarecimento que gravou em 2017.



Em 2017, fui vítima de uma montagem, alguém muito mal intencionado, usou minha foto do perfil para anexar a um áudio de uma suposta pastora Patricia, que estava vendendo oração. Sofri muitos ataques, afrontaram até meus filhos, fiquei muito triste, chorei muito! Mas Deus reverteu aquele episódio em bênção na minha vida! Hoje com quase 3 milhões de seguidores, posso afirmar com certeza: Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus”, escreveu.



Vários internautas comentaram que estão recebendo o áudio nesta semana. Patrícia Bonissoni, que é pastora há mais de dez anos e hoje atua na 7ª Igreja do Evangelho Quadrangular, diz que está orando pelas pessoas que acreditam nos falsos profetas. “Jesus nos ensinou que de graça recebemos e que de graça devemos dar", comento a pastora.