Publicidade

Confronto na Líbia tira a vida de mais um cristão

Um cristão da África Subsaariana estava levando um irmão ferido para o hospital na Líbia quando foram parados em um posto por milicianos. O cristão começou a discutir com um dos homens, que não hesitou em apontar a arma para a cabeça do cristão. O miliciano disparou, tirando a vida do pai de oito filhos. O homem que estava ferido e sendo levado ao hospital sobreviveu ao incidente.







Desde o começo de abril, um conflito armado teve início na Líbia, quando o general Hafter começou uma ofensiva com objetivo de tomar o controle da capital, Trípoli. O conflito já causou a morte de vários civis através de bombardeios e ataques aéreos. Por causa dos confrontos, dezenas de milhares de líbios já tiveram que fugir de casa e agora estão vivendo como deslocados internos.







A Líbia está no Top 5 da Lista Mundial da Perseguição 2019, ocupando a 4ª posição. São conhecidos apenas 150 cristãos ex-muçulmanos locais. Eles clamam pelo fim da violência e para que venham tempos de estabilidade no país.