Senac Rio oferece curso de Libras

O dia 26 de setembro foi escolhido como Dia Nacional do Surdo por ser a data da fundação do Instituto Nacional de Educação dos Surdos (INES), dedicado à educação de surdos e o ensino bilíngue (libras-português). A disseminação do ensino de Libras, principalmente para ouvintes, é uma forma de inclusão social do surdo, facilitando a sua comunicação com as demais pessoas. 



O Senac RJ oferece cursos de Libras para estudantes em níveis Básico, Avançado e Conversação, compostos por atividades práticas e teóricas para estimular o processo criativo e a desenvoltura do aluno. 



Em 2018, em relação ao ano anterior, o Senac RJ triplicou o número de turmas dos cursos de Libras, passando de seis turmas, em 2017, para 18 no ano passado. Em relação ao número de alunos inscritos, o crescimento foi de 175%. Esse crescimento pode ser atribuído ao aumento do mercado de trabalho para os profissionais que falam esse idioma após o reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) como a segunda língua oficial do país, em 2002, o que viabilizou a inclusão da comunidade surda em diversos espaços sociais. 



A tendência de crescimento se mantém para os próximos anos. De acordo com o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 2010, o Brasil tem 9,7 milhões de pessoas surdas, o que representa 5,1% da população do país. No que se refere a faixa etária, quase 1 milhão são crianças e jovens de até 19 anos. No entanto, embora haja evidências do progresso das políticas públicas e conquistas dos direitos da comunidade surda, sabe-se que os surdos ainda enfrentam muitos desafios de acessibilidade e o principal deles é a comunicação. 



O mercado de trabalho é amplo para quem domina Libras. Órgãos públicos, empresas de comércio, turismo, instituições de ensino e religiosas disponibilizam vagas para profissionais especializados capazes de interagir, se comunicar e prestar atendimento à pessoa surda.



Saiba como se capacitar: www.rj.senac.br