Mosaico encontrado na Galileia pode representar milagre da multiplicação

Um mosaico colorido do século 5 pode ser a representação de uma das mais famosas passagens bíblicas, a multiplicação de pães e peixes.  Arqueólogos encontraram a obra na "Igreja Incendiada" em uma cidade antiga chamada Hippos, construída no topo de uma montanha com vista para o mar da Galileia, em território que atualmente faz parte de Israel. 



Alguns estudiosos acreditam que nessa passagem bíblica está descrevendo a Igreja da Multiplicação no lado noroeste do mar da Galileia, mas a descrição bíblica também se encaixa na região norte de Hippos, não muito longe do local em que foi encontrado. 



O mosaico é muito colorido e feito de padrões geométricos que representam pássaros, peixes, frutas e cestas. Embora possa haver outras explicações para a obra, a semelhança com a descrição no Novo Testamento não pode ser ignorada, diz Michael Eisenberg, chefe da equipe de escavação, em um comunicado da Universidade de Haifa.



No entanto, ele observa que também existem muitas diferenças entre o relato bíblico e o mosaico. Algumas das cestas têm frutas (além dos pães) e em alguns lugares o mosaico tem três peixes — não dois. "Os peixes têm muitos significados simbólicos no mundo cristão; portanto, interpretar o mosaico exige cautela", disse Eisenberg.