Logos Hope terá evento com tradução em Libras

O navio Logos Hope terá apresentação teatral acessível ao público surdo. A peça O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa terá tradução em Libras, a Linguagem Brasileira de Sinais.  Trata-se de uma adaptação da obra literária de C.S Lewis e indicada para maiores de 07 anos. A surda Carolina Correia, líder do ministério Incluir, na sede da Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, esteve na cerimônia oficial de abertura do navio no Rio de Janeiro, e fez um convite à comunidade surda (vídeo abaixo). 



As apresentações de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa serão nos dias 29 de setembro e 06 de outubro, com sessões às 14h30 e 18h30. Apenas a sessão de outubro, às 18h30, terá tradução. O ingresso é gratuito para os surdos. O público em geral pode adquirir as entradas na recepção da livraria do navio ao custo de R$ 20,00 ou pelo site logoshoperiodejaneiro.eventbrite.com.



Ações como a do Logos Hope motivam o Brasil a se tornar um país cada vez mais inclusivo, como tem defendido a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, em suas ações à frente do governo e da própria Igreja Batista Atitude, onde também integra o ministério Incluir.



Na próxima quinta-feira, 26 de setembro, o Brasil celebra o Dia Nacional do Surdo. O dia foi escolhido por ser a data de fundação do INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos), a primeira escola para surdos do Brasil. O mais recente censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE – realizado  em 2010 mostra que pelo menos 9,8 milhões de brasileiros possuem deficiência auditiva, o que representa 5,2% da população brasileira. Deste total 2,6 milhões são surdos e 7,2 milhões apresentam grande dificuldade para ouvir.