“Quarto Secreto” marca os 25 anos de carreira de Marquinhos Gomes Quarto Secreto. Marquinho Gomes costuma dizer que esta canção, que fala sobre a intimidade do cristão com Deus, foi consagrada pela Rádio Melodia, onde tocou pela primeira vez e rapidamente alcançou todo o Brasil. A música é uma composição dele com sua filha caçula, Aninha Gomes, neste ano em que comemora 25 anos de carreira.



“Estava há um ano sem tocar. Foi trabalhoso. Trabalhei o clipe; nós preferimos fazer primeiro o trabalho digital, no YouTube, nas plataformas e depois que veio a rádio, onde a música estourou”, comenta o músico.



Na canção, Marquinhos Gomes cita Mateus 6:6 “Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará.”



“Tenho recebido muitos testemunhos nas igrejas que tenho passado. As pessoas sempre dizem assim: ‘Marquinhos, quando essa música toca na Melodia eu sinto a presença de Deus, começo a falar língua estranha’. Glória a Deus pelo o que essa música está fazendo. É uma música muito especial”, declara.



Deus tem dado sabedoria ao músico dentro da sua Palavra. Suas canções são sempre baseadas na Bíblia, compostas durante experiências com Deus. Experiências que ele descreve como lutas e tribulações, mas que foram pontes para os seus maiores clássicos.



Os sucessos de Marquinhos Gomes tocam há mais de 25 anos na Melodia, desde que ele era integrante do grupo Altos Louvores. A integração é tão grande que o cantor chama a rádio de “minha casa”.



“Já são 12 CDs. Eu costumava demorar para compor. Em média, era um CD a cada 3 anos. Tenho mais de 400 músicas compostas. Além de fazerem parte da minha trajetória, minhas músicas também foram gravadas por outros cantores como Aline Barros, Fernanda Brum e Carlinhos Félix”, comenta.



Uma canção que Marquinhos Gomes lembra com muita saudade e carinho é “Lágrimas no Olhar” da sua época no Altos Louvores.



“Eu ainda era holding, assistente da banda, quando compus esta música. O Edvaldo, líder do Altos Louvores, selecionou o repertório juntamente com a Eyshila. Eram 30 músicas e a minha foi selecionada. Foi minha primeira experiência como compositor”, relembra Marquinhos.



O músico revela seu grande sonho de gravar seus maiores sucessos em espanhol e, assim como conquistou o Brasil, levar seus louvores por toda a América Latina.



“Tocar nas igrejas e rádios de língua espanhola é um grande sonho. Aproveito para pedir ao meu público que ore por isso. Estou estudando para fazer o meu melhor. Peço às igrejas aqui no Brasil que orem por esse projeto”, pede Marquinhos Gomes.



Enquanto não inicia sua turnê latina, Marquinhos segue com sua agenda no Brasil. O músico percorre todo o país, mas confessa que vai mais para o Nordeste. E lembra que a Bahia não é de “todos os santos”, conforme o dito popular, mas do único e verdadeiro santo: Jesus.



"A Bíblia diz que ‘as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja’. Ou seja, a igreja é o território onde Deus se faz presente. É a única instituição que segura o Brasil. A igreja de Cristo, a noiva do Cordeiro. Então onde tem igreja, eu vou”, declara.