Modelo Bruno Krupp é preso por atropelar e matar adolescente

O modelo e influenciador digital Bruno Krupp, de 25 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (3) após a Justiça do Rio de Janeiro expedir um mandado de prisão contra o rapaz, que responde por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar. Bruno atropelou e matou o adolescente João Gabriel Cardim Guimarães, de 16 anos, no último sábado (30), na Av. Lúcio Costa, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Na decisão, a juíza Maria Isabel Pena Pieranti, do plantão judicial do Tribunal de Justiça do Rio, afirmou que a liberdade do rapaz comprometeria a ordem pública, pois ele poderia cometer crimes de “idêntica natureza”, já que foi parado pela Lei Seca três dias antes do acidente e a blitz não teve “efeito didático”.

Bruno foi encontrado hoje por policiais da 16ª DP (Barra da Tijuca) em um hospital no Méier, na Zona Norte da capital fluminense, apesar de ter recebido alta do Lourenço Jorge ainda no domingo (31).

O influenciador pilotava uma moto sem placa, em alta velocidade e sem habilitação, quando atingiu João Gabriel.

Em depoimento, um policial militar relatou a gravidade do acidente. Segundo ele, com o impacto da moto, a perna esquerda do estudante foi amputada na hora.

O membro chegou a ser colocado pelas equipes de socorro em uma caixa térmica com gelo para ser preservada. O estudante João Gabriel foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas não resistiu.

De acordo com as investigações da 16ª DP, câmeras de segurança de um quiosque na altura do Posto 3 registraram o momento em que o modelo, que não era habilitado, passa em alta velocidade em uma moto sem placas. As imagens mostram frequentadores do estabelecimento assustados com a batida. Veja AQUI.