Twitter bloqueia contas acusadas de fake news

A rede social Twitter informou, nesta sexta-feira (20), que fechou milhares de contas em todo o mundo.



A gigante tecnológica acusou os perfis derrubados de divulgação de notícias falsas e propagandas pró-governamentais, em lugares como Emirados Árabes UnidosChina Espanha.



“De acordo com nossa política sobre a manipulação em nossa plataforma, suspendemos permanentemente todas essas contas”, anunciou o Twitter.



A lista inclui 1.019 contas do Equador vinculadas ao partido político do governo Alianza PAÍS. A rede social afirmou que a sigla “disseminou principalmente conteúdo sobre a administração do presidente Moreno, concentrando-se em questões relacionadas às leis equatorianas sobre liberdade de expressão, censura, governo e tecnologia”.



“As táticas mais usadas foram a manipulação de ‘hashtags’ e o encaminhamento de ‘spam'”, acrescentou.