Mutirão do Procon-RJ para negociação de dívidas entra em sua segunda semana

O Procon-RJ dá início, nesta segunda-feira (25/07), a mais um mutirão para quem pretende renegociar dívidas com concessionárias de serviços públicos de luz, água e gás. Desta vez, consumidores poderão tratar de débitos com representantes da Naturgy, Light, Cedae, Zona Oeste Mais, Enel, Grupo Águas do Brasil (Juturnaíba e Niterói), Águas do Rio e Iguá. O atendimento será feito por meio da distribuição de senhas das 10h às 14h na sede da autarquia, no Centro do Rio, até sexta-feira, 29.

Esta é a segunda semana do mutirão de negociação de dívidas promovidas pelo Procon estadual. A primeira semana foi extremamente proveitosa para muitos consumidores que puderam celebrar, junto a bancos e instituições financeiras, acordos em condições especiais e grande percentual de desconto.

– Tivemos mais de mil consumidores atendidos e 62% de acordos já formalizados. Esse percentual tende a aumentar, podendo chegar a 85%, pois ainda existem negociações em andamento – , afirma o presidente do Procon-RJ e secretário de Desenvolvimento Econômico, Cássio Coelho.

Ele explica que para que possam participar da ação, as empresas convidadas registraram em documento as vantagens que serão oferecidas e se comprometeram a fechar acordos mais benéficos ao consumidores do que as propostas de negociação já feitas em suas empresas ou escritórios de cobrança.

–Por isso o serviço oferecido pelo Procon-RJ é mais vantajoso ao consumidor–, explica o presidente da autarquia.

Algumas empresas, inclusive, já informaram as condições que vão ofertar na próxima semana.

A Enel atenderá somente casos de dívidas com atrasos superiores a 90 dias, e as propostas poderão ser feitas sem entrada e em até 24 parcelas para consumidores residenciais e rurais. A única exceção da Enel é que os consumidores que tiverem parcelamento vigente celebrado nos últimos 90 dias não poderão renegociar nesta oportunidade.

A Cedae vai esclarecer dúvidas sobre cobranças, procedimentos comerciais e solicitação de vistorias. E fará negociações de dívidas com os parcelamentos podendo chegar a 60 vezes, sem juros nem entrada. Já a Zona Oeste Mais oferecerá propostas com descontos de até 30% para parcelamentos em 6 vezes; de até 15% para parcelamentos em 10 vezes; de até 10% para parcelamentos entre 16 e 34 vezes; e de até 5% para parcelamentos entre 34 e 48 vezes.

A Iguá vai propor ao consumidor domiciliar comum todos os parcelamentos sem juros e multas. Para dívida menor ou igual a R$ 1 mil, por exemplo, entrada mínima de 10% + parcelas em até 36 vezes. E dívida acima de R$ 1 mil, entrada mínima de 10% + parcelas em até 60 vezes. A empresa oferecerá ainda flexibilização de negociação: caso o cliente não consiga uma entrada mínima de 10%, ela vai apresentar contraproposta de entrada de 5%, mantendo as quantidades de parcelas de acordo com as faixas de dívida já descritas.

Para consumidores Iguá+, todos os parcelamentos serão feitos sem juros nem multas. Caso a dívida seja menor ou igual a R$ 200 mil, a proposta é uma entrada mínima de 10% + parcelas em até 24 vezes; se a dívida estiver entre R$ 200 mil e R$ 500 mil, a entrada mínima será de 10% + parcelas em até 36 vezes. E, caso a dívida seja superior a R$ 500 mil, entrada mínima de 10% + parcelas em até 60 vezes. Por fim, se o cliente não conseguir uma entrada mínima de 10%, haverá contraproposta: entrada de 5%, mantendo as quantidades de parcelas de acordo com as faixas de dívida já descritas. Essa flexibilização vale somente para dívidas acima de R$ 200 mil.

A Águas do Rio informou que atenderá os consumidores esclarecendo dúvidas sobre forma de pagamento, vistorias e procedimentos comerciais e fará negociação de débitos.

As senhas de atendimento serão distribuídas das 10h às 14h a partir desta segunda-feira. Para participar, os consumidores devem comparecer à sede do Procon-RJ, na Avenida Rio Branco, 25 (5º andar), munidos de documento de identificação oficial com foto e uma conta, contrato ou comprovante do vínculo com a empresa que deseja negociar.