Após posição tentar esvaziar evento de oficialização da candidatura de Bolsonaro, PL libera entrada

Após problemas envolvendo a retirada de ingressos para a convenção que vai oficializar a candidatura do presidente Jair Bolsonaro à reeleição, o PL decidiu que a entrada no Maracanãzinho, no próximo domingo (24), será por ordem de chegada, sem necessidade de inscrição.

Com a nova orientação, o partido quer atingir a lotação máxima do ginásio. Quem chegar depois poderá acompanhar o evento por um telão que será instalado na área externa do Maracanãzinho. Os portões serão abertos às 08h22 e a entrada do presidente está marcada para 11h22. Os organizadores pedem que os apoiadores de Bolsonaro usem verde e amarelo.

Ontem (21), a legenda informou que 40 mil das 50 mil inscrições disponibilizadas foram canceladas após identificação de irregularidades por sistemas de inteligência artificial usados na triagem. A suspeita é que opositores de Bolsonaro tenham feito a reserva, usando CPFs falsos, na tentativa de esvaziar o evento.

No WhatsApp e pelas redes sociais, grupos difundiram mensagens estimulando as inscrições em massa. Uma das mensagens, intitulada "Um protesto pacífico", diz que se inspirou em um episódio semelhante que, em 2020, esvaziou um comício do então presidente Donald Trump em Tulsa, Oklahoma.

A sigla destacou, ainda, que mais de 10 mil inscrições foram confirmadas. O ginásio tem capacidade para 13 mil pessoas.