Repórter informa morte de criminosos com paródia de música da Xuxa e é demitido

O repórter Dirceu Farias Rocha Júnior, mais conhecido como Júnior Rocha, foi demitido da TV Tarobá, afiliada à Band, após fazer uma paródia de uma música da Xuxa para informar a morte de três bandidos. O jornalista cobria um assalto a uma família, que também foi feita de refém, em Foz do Iguaçu/PR.

Na matéria divulgada no final da tarde da última segunda-feira (18), Júnior Rocha cantou: “Três bandidos foram assaltar uma residência aqui na fronteira. O Choque e a Rocam chegaram e pá, pá, pá e os bandidos estão no inferno a queimar”, cantou e, em seguida, levantou uma das mãos para o céu.

De acordo com Gabriel de Oliveira, do site TV Pop, a chefia do departamento de jornalismo na Band teria ficado insatisfeita com a brincadeira. Além disso, a edição regional do Brasil Urgente, que levou a reportagem ao ar, também sofreu uma advertência.

O repórter fez um vídeo em que mostra as mensagens recebidas no Instagram de seguidores que apoiaram o seu trabalho. “Que o bem sempre triunfe sobre o mal. Viva a Polícia Militar! Obrigado a todos que enviaram mensagens, 99% são positivas. Isso mostra o quanto o brasileiro está farto da criminalidade. Não aguenta mais perder para ladrão”, desabafou.

Para os críticos, Júnior Rocha usou seus Stories do Instagram para ironizar a situação. “Tem gente que não gostou muito. Talvez se eu estivesse do lado de bandido e falando mal da nossa polícia, violenta, truculenta e opressora, iriam curtir”, escreveu ele.

“Nunca foi tão fácil escolher um lado. Viva à gloriosa Polícia Militar do Paraná! Que o bem sempre vença o mal!”, acrescentou logo depois. Mais tarde, o jornalista publicou um vídeo com a indagação: “Você fica feliz quando bandido morre? Jamais”, completou.

Em nota, a TV Tarobá se manifestou sobre o caso. “A TV Tarobá, afiliada ao Grupo Bandeirantes, vem manifestar que não concorda com qualquer tipo de apologia à violência e informa que irá tomar as providências necessárias ao caso”.