Última igreja do Ministério Flordelis encerra atividades A última igreja fundada pela pastora e ex-deputada federal Flordelis dos Santos de Souza foi fechada na semana passada. A também cantora está presa desde agosto de 2021, acusada de mandar matar o marido, o pastor Anderson do Carmo. A unidade do Mutondo, em São Gonçalo, agora está de portas fechadas.


O Ministério Flordelis tinha, além da sede, cinco filiais e vários seguidores nas redes sociais. Um novo templo estava sendo construído. Com a prisão da ex-parlamentar, os templos religiosos enfrentaram uma crise que se agravou após Flordelis ser acusada de ter mandado matar o próprio marido.

As igrejas já tinham sentido o impacto da morte de Anderson, principal administrador dos templos. Na sequência dos fatos, elas perderam fiéis e pastores, alguns do próprio núcleo familiar. Fecharam aos poucos as filiais no Jardim Catarina, em São Gonçalo; Pendotiba e Piratininga, em Niterói; em Itaboraí e Itaipuaçu, em Maricá. 


Pastores foram para outras igrejas e levaram seus fiéis para novos templos. O último foi Gerson da Conceição, conhecido como Gerson Baiano, considerado filho pela ex-deputada. Ele estava administrando a sede do Mutondo até o seu encerramento, mas agora comanda a Comunidade Evangélica Manassés.