Polícia encontra homem suspeito de tiroteio em desfile da Independência dos EUA O chefe de polícia de Highland Park disse ter levado sob custódia o homem de 22 anos, identificado como uma “pessoa de interesse”, no tiroteio que matou pelo menos seis pessoas, feriu cerca de 30 e obrigou centenas a fugir de um desfile do Dia da Independência dos Estados Unidos, no subúrbio de Chicago na segunda-feira (04).

A polícia disse que Robert E. Crimo III deveria ser considerado armado e perigoso e foi parado pela polícia na segunda-feira à noite após uma breve perseguição.

A polícia se recusou a responder perguntas sobre como identificaram Crimo. As autoridades descreveram seu carro como um Honda Fit prata com uma placa de Illinois DM 80653.

O atirador estava em um telhado quando abriu fogo contra uma multidão que comemorava o 4 de Julho, matando pelo menos seis pessoas, ferindo outras 30 e obrigando centenas de pessoas a fugirem; vários pais com carrinhos de bebê e crianças em bicicletas correram do terror, informou a polícia. O suspeito permaneceu à solta horas depois, enquanto as autoridades vasculhavam a área e a polícia cercava uma casa listada como seu possível endereço.

O porta-voz da Força-Tarefa contra o Crime do Condado de Lake, Christopher Covelli, disse em uma coletiva de imprensa que cinco pessoas morreram no local e uma no hospital. A polícia não divulgou detalhes sobre as vítimas ou feridos.