Piscinão de Ramos vai passar por sua maior reforma em 10 anos O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o presidente da Fundação Parques e Jardins, Roberto de Oliveira, apresentaram, nesse sábado (18), o projeto da reforma do Piscinão de Ramos, na Zona Norte. Com investimento de R$ 3,3 milhões, estão previstas a criação de três parquinhos infantis, a troca da grama sintética do campo, a reforma da pista de skate e a instalação de um parcão. Os banheiros e vestiários serão reformados e o entorno do piscinão ganhará novos bancos. Esta será a maior revitalização do Parque Ambiental da Praia de Ramos Carlos de Oliveira Dicró em dez anos.

– É uma grande reforma em que vamos recuperar alguns equipamentos e requalificar outros. É um espaço democrático importante da cidade, uma conquista do povo mais humilde da cidade e uma marca do Rio de Janeiro – afirmou o prefeito Eduardo Paes.

Com profundidade máxima de 1,40m, o Piscinão de Ramos é uma área de lazer criada no início dos anos 2000, e que consiste em uma praia artificial, em torno de uma piscina pública de água salgada. Hoje, o Piscinão de Ramos é um dos símbolos do subúrbio carioca, servindo, inclusive, de cenários para produções televisivas.

– Vamos dar um verdadeiro banho de loja no entorno do Piscinão de Ramos e melhorar todos os equipamentos – disse Roberto de Oliveira.

O Parque já chegou a receber 80 mil pessoas por dia. O lago é abastecido por 30 milhões de litros de água da Baía de Guanabara, que, diariamente, são bombeados para Estação de Tratamento de Água de Ramos. A operação da estação é fiscalizada pela Fundação Rio-Águas, e a qualidade da água monitorada.

*Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio