Animação da história da Rainha Ester avança no processo de produção

Todo cristão que já leu a história de Ester tem um aprendizado para destacar. Ela foi uma das mulheres mais importantes de toda a história bíblica e foi usada por Deus para salvar o povo hebreu. Ester era muito bonita, mulher de excelente educação e costumes, o que a levou a se tornar uma rainha. Seu reinado deixou marcas na história do povo hebreu e ensinamentos registrados com detalhes na Bíblia.

Esse foi o enredo que inspirou Julia Malucelli a escrever o livro infantil sobre a rainha Ester. O livro contou com a ilustração de Ziraldo e hoje já foi distribuído gratuitamente em mais de 20 países e pode ser adquirido nas melhores livrarias. O livro se tornou uma ferramenta de cura para crianças em diversas situações de vulnerabilidade. Julia Malucelli fala um pouco mais sobre todo este processo. Confira entrevista:

Quem é Julia Malucelli?

A Júlia é mãe, é esposa, é cristã. Cursei engenharia e depois de trabalhar 10 anos no meio corporativo,eu entendi que este não era o meu propósito. Assim, Deus me direcionou a deixar a empresa e nasceu um sonho em meu coração: tornar a história de Ester conhecida. Inicialmente meus planos eram pequenos. Desde a primeira vez que eu li a história da rainha Ester (Bíblia), minha vida foi impactada e assim me tornei uma empreendedora social. Meu coração se moveu para que meninas abusadas, com traumas, abandonadas pudessem ter a vida restaurada a partir do conhecimento da história de Ester. Assim como Ester, elas tem um propósito e podem escrever uma nova história.

Como surgiu a história do livro de Ester?

Apesar de sempre ter sido cristã, eu nunca tinha lido o livro de Ester como deveria. Por ele ser um livro pequeno e eu nunca ter ouvido uma pregação sobre o assunto, eu não havia mergulhado na maravilhosa história de Ester. Na época em que decidi me debruçar sobre a história, estava passando na Record o seriado que contava a história de Ester e acabou por reforçar meu interesse e amor pela rainha.

Eu já me encontrava insatisfeita com o ambiente corporativo e estava desejando fazer algo que pudesse impactar vidas. Assim, eu comecei a buscar em Deus qual seria o propósito e fui compreendendo a direção de Deus para mim. Foi assim que nasceu o desejo de escrever o livro "A Rainha Ester".

O livro rompeu fronteiras e virou um grande instrumento de evangelização e cura. Deus colocou as pessoas certas, na hora certa e assim o livro foi alcançando novas nações e mais e mais crianças. O livro está à venda em mais de 20 países.

E como o livro virou o sonho de uma animação em longa-metragem?

Assim como o livro, Deus colocou em meu coração o desejo de roteirizar essa história e direcionou as pessoas certas, com as habilidades certas. Algum tempo depois deste sonho começar a pulsar em meu coração, eu conheci a 360 WayUp e entendi que eles eram parceiros importantes para colocar este projeto em prática. Ygor Siqueira, CEO da 360 WayUp, foi um professor para mim. Ele me ensinou sobre o universo do cinema e me mostrou os caminhos para tornar este sonho realidade. Agora, Ester vai ganhar uma animação infantil, com roteiro incrível e com detalhes importantes da história.

Estamos na etapa final de desenvolvimento. Entre a equipe que somaram forças comigo neste projeto estão o diretor geral Fábio Faria, Ygor Siqueira, responsável pelo desenvolvimento e a roteirista Vivian de Oliveira, que integrou a equipe da série sobre a rainha Ester na Record.

Quais os principais desafios dessa transformação do livro em um filme?

Em alguns momentos utilizamos da liberdade poética para compor a história, mas a jornada de Ester na Bíblia é muito completa e repleta de detalhes riquíssimos que facilitam na estruturação da animação. A formatação do personagem, dando vida à rainha Ester, realmente foi um desafio. Foi um processo incrível de construção. Temos apenas o relato dos personagens na Bíblia e trazê-los para a vida real foi a parte mais incrível deste processo.

A rainha Ester na animação traz as características da Ester retratada na Bíblia. Sua empatia, sua bondade, seu carisma estão retratados na animação. A sua doçura, sua simplicidade e seu amor pelo seu povo foram reforçados no roteiro.

O que podemos esperar da animação Rainha Ester?

Meu desejo é que as pessoas sejam impactadas com a esperança a partir deste filme. Mesmo sendo uma animação, tenho certeza que vai alcançar o coração de muitos adultos. Que histórias possam ser transformadas e as pessoas possam se inspirar na garra e na confiança em Deus de Ester.

O processo de animação é mais longo do que uma gravação comum de filme. Cada movimento da animação deve ser detalhadamente desenhado e testado para compor cada uma das cenas. É uma jornada que pode durar até 10 vezes mais tempo do que uma gravação normal. A expectativa é que em 2024 o filme estreie nos cinemas.