Polícia prende suspeitos de assalto à casa do humorista Carlinhos Maia

A Polícia Civil de Alagoas prendeu suspeitos de participarem do furto ao apartamento do humorista Carlinhos Maia. O crime ocorreu na noite do dia 28 de maio. Em nota, a corporação não informou a identidade dos suspeitos e nem maiores detalhes sobre a prisão. Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (07), a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas revelou as fotos dos suspeitos presos.

A operação para prendê-los foi feita em parceria com Polícia Civil da Paraíba na cidade de Campina Grande, onde os suspeitos foram encontrados. Todos já possuíam passagem pela Polícia.

O apartamento, localizado em Maceió, foi invadido durante a noite do dia 28 de maio, enquanto o humorista se preparava para se submeter a uma cirurgia plástica, em um hospital de Aracaju. Relógios e joias de luxo estariam entre os itens roubados. O valor do prejuízo seria de aproximadamente R$ 5 milhões. Após o episódio, Carlinhos afirmou que o roubo teria sido planejado por alguém próximo, já que os criminosos não teriam revirado o imóvel e foram direto ao cofre. O fato de a principal câmera de segurança do condomínio estar desconectada há 15 dias antes do furto também levou a polícia a acreditar em crime planejado. Além disso, a Polícia acredita que os idealizadores do roubo são pessoas próximas ao humorista.

Os presos, segundo a Polícia, estavam envolvidos apenas na execução do crime. Além das prisões, foram apreendidos sete aparelhos celulares, uma escada e ferramentas usadas para arrombamento. As investigações continuam para identificar os mandantes do roubo.

Carlinhos Maia também é influenciador digital e seu drama ganhou grande repercussão nas redes sociais. Mas a hipótese levantada por algumas pessoas de que o crime teria sido forjado como estratégia de marketing o deixou bastante magoado.